SEQUESTRO

Pecuarista é sequestrado e tem mais de R$ 30 mil roubados

Pecuarista é sequestrado e tem mais de R$ 30 mil roubados

Comparsas fizeram saques usando o cartão bancário dele, enquanto ele era mantido em canavial

Comparsas fizeram saques usando o cartão bancário dele, enquanto ele era mantido em canavial

Publicada há 2 anos

Da Redação

Um pecuarista de 74 anos, morador na região central de Araçatuba, foi sequestrado e teve mais de R$ 30 mil roubados na última terça-feira, 17.

Comparsas fizeram saques usando o cartão bancário dele, enquanto ele era mantido em canavial.

A vítima disse à polícia que por volta das 11h estava em uma caminhonete VW Amarok verificando a roça dele, no bairro rural da Prata, em Araçatuba, quando outros dois homens com uma Toyota Hilux pararam ao lado.

Um deles pediu informações e, em seguida, surgiu outro bandido que saiu de um canavial e ele foi rendido por um dos ladrões, que estava armado com pistola.

Após vistoriar a caminhonete do pecuarista, os bandidos colocaram uma toalha na cabeça dele e o colocaram no banco traseiro.

Circulando

O grupo seguiu pela rodovia Marechal Rondon (SP-300) até Birigui, onde a caminhonete foi abastecida, depois foi em direção a Buritama, onde outro homem entrou no veículo.

Em seguida, voltaram sentido a Guararapes e, ao passar por um bar em uma estrada de terra, os ladrões compraram quatro paçocas.

Segundo a vítima, aproveitando um momento de distração da dona do bar, os ladrões furtaram uma garrafa de rum (bebida alcoólica) e seguiram para um canavial, onde foi obrigada a ingerir a bebida.

O pecuarista disse à polícia que fingiu estar embriagado e dormindo. Nesse momento, teve as mãos amarradas e os ladrões fugiram, dizendo que queimariam a caminhonete para não deixar pistas.

Já era por volta das 17h quando a vítima conseguiu se desamarrar e pediu ajuda a pescadores que passaram por ele de carro em uma estrada de terra.

Saques

A vítima relatou que enquanto foi mantida no canavial, os ladrões que estavam em outro veículo, de posse do cartão bancário com senha, fizeram dois saques de R$ 2 mil; duas transferências eletrônicas, uma de R$ 13 mil e outra de R$ 2 mil; foi pago um boleto de R$ 4.490,00; e agendada outra transferência para esta quarta-feira.

Além da caminhonete, os ladrões roubaram um boné e duas folhas de cheque do pecuarista.

Suspeito

Após ser comunicados do crime, policiais militares detiveram um jovem de 23 anos, morador no bairro Clóvis Picolotto, que tem passagens por furto de gado e de veículo.

Ele negou o crime, mas acabou preso em flagrante porque na casa dele havia quatro munições calibre 32 intactas.

No plantão policial o investigado não foi reconhecido pela vítima e teve a fiança arbitrada em R$ 2 mil pela posse de munição. O dinheiro não foi apresentado e o jovem ficou à disposição da Justiça.

últimas