SOCIAL

Fernandópolis inicia campanha ‘Vacina contra a Fome’

Fernandópolis inicia campanha ‘Vacina contra a Fome’

Alimentos não perecíveis poderão ser doados nos postos de vacinação

Alimentos não perecíveis poderão ser doados nos postos de vacinação

Publicada há 2 dias

SECOM - Prefeitura de Fernandópolis

A Prefeitura de Fernandópolis, por meio do Fundo Social de Solidariedade e Secretaria Municipal de Assistência Social, lançou nesta quinta-feira, 08, uma ação que tem como objetivo arrecadar alimentos não perecíveis e de forma voluntária. O público alvo, convido a participar, é a população que está se vacinando nas Unidades Básicas de Saúde contra a Covid-19.  

A campanha visa sensibilizar e engajar os fernandopolenses aptos à imunização para que doem alimentos. Todos os itens arrecadados serão distribuídos às famílias em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar.

Os principais itens solicitados são: arroz, feijão, óleo e macarrão, porém, qualquer produto que compõe a cesta básica poderá ser doado. A vacinação é realizada em Fernandópolis em todas as UBS’s, seguindo o calendário oficial de imunização do Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde. 

“Essa campanha é muito importante e vai mostrar novamente como a nossa comunidade é solidária. Simultaneamente, dois gestos nobres estarão ocorrendo, sendo elas a vacinação ao munícipe e a contribuição de forma voluntária com a doação de alimentos”, destacou a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Mara Pessuto.   

As unidades de saúde do município receberam caixas que serão utilizadas para o armazenamento dos alimentos. “Estaremos monitorando, junto aos profissionais de Saúde das unidades, o volume de doações. Desta forma, nossas equipes farão o recolhimento e prontamente encaminharão para as famílias que necessitam do apoio”, ressaltou a secretária municipal de Assistência Social, Verônica Martins.

“Recentemente foi realizado no município o Arrastão da Solidariedade, a campanha envolveu várias entidades e mostrou como a nossa população é solidária. Agora surge essa nova campanha, pois o momento requer a união de todos e tenho certeza que a adesão será muito grande”, finalizou Mara Pessuto.  

últimas