DIAS CONTADOS

Aulas presenciais serão suspensas a partir de segunda-feira

Aulas presenciais serão suspensas a partir de segunda-feira

Em Fernandópolis, churrascos entre amigos serão alvos de fiscalização mais rígida

Em Fernandópolis, churrascos entre amigos serão alvos de fiscalização mais rígida

Publicada há 1 semana

Fiscalização contará com ações conjuntas entre Polícia Militar e fiscais da prefeitura: aumento de autuações e multas é dado como certo - Foto: Arquivo/João Leonel

João Leonel

Não completará dois meses o período da segunda tentativa, novamente frustrada, de se retornar as aulas presenciais nas escolas estaduais em Fernandópolis.

Foram 32 dias na primeira vez este ano. Teve início dia 8 de fevereiro, mas as atividades foram suspensas dia 12 de março.

Nesta segunda, com a retomada do sistema presencial de ensino entre 14 e 19 de abril, gradativamente em todo o estado de São Paulo, em algumas escolas foi preciso apenas um mês para que surtos de Covid ocorressem. Em outras escolas, 38 dias. 

Quatro escolas estaduais chegaram a ser fechadas na cidade: EELAS, JAP, Tanuri e José Belúcio. Todas devido ao número de contaminação pelo coronavírus, atingindo alunos, professores e funcionários.

Enfatizando que, longe ser uma solução, o ambiente escolar deve ser tratado como um bem fundamental a ser preservado, comprova-se que de nada adianta limitar em 40% o número de alunos por sala.

O aumento de crianças e jovens contaminados que apresentam sintomas mais graves, levando a um número muito maior a internação de pacientes nesta faixa etária mais baixa, que até então era praticamente assintomática, tornou-se um fato novo e fundamental para a mudança em relação às escolas. 

As aulas presenciais retornaram já com os dias contados, isso era mais que previsível. Foi um período com fim conhecido, como já registrado, restava saber somente o Dia D, e a Hora H: será nesta sexta-feira, dia 11 de junho, através da publicação de um novo decreto no âmbito do município de Fernandópolis. 

Vale salientar que a suspensão das aulas presenciais será determinada também para toda a rede particular de ensino. As escolas municipais estão somente com aulas online, sem nenhuma experiência no sistema híbrido, desde o início da pandemia.

Medidas mais rigorosas na fiscalização dos descumprimentos das restrições no combate à Covid-19 também deverão ser adotadas pelas autoridades públicas na cidade, com trabalho encampado pela Polícia Militar e fiscais da prefeitura em ações conjuntas que irão conferir, in loco, denúncias de festas em chácaras e até mesmo churrascos entre familiares e amigos, que vêm acontecendo indiscriminadamente por todos os bairros da cidade.

O aumento de autuações e multas é dado como certo. Já a conscientização da população continua como grande dúvida.

últimas