ARTIGO

“A Luz do Mundo”

“A Luz do Mundo”

Por Odair Martins

Por Odair Martins

Publicada há 9 meses

As luzes na cidade nas lojas dão sinais que o natal está chegando. Nós mesmos, falamos: “ nossa já chegou o natal”. O ano passou tão rápido. O tempo está cada vez mais curto. E isso nos dá sinais que o menino Jesus vai chegar. São símbolos natalinos que nos chama atenção; Jesus vai chegar. As famílias já se preparam para os encontros. As compras, os presentes para os filhos, filhas, netos, abre o nosso coração queremos presentear e ser presenteados. Que coisa boa é o natal. É a chegada do novo. É a chegada do menino Jesus. JESUS É O NOSSO PRESENTE. Eu não hesitaria em afirmar que a festa popular é a expressão mais certa da presença de Deus. É um verdadeiro paraíso. Neste tempo começamos a pensar nesta imagem do céu, a festa popular onde tudo é amor. Tudo é gratuidade , serviço, alegria, voltam a ser original, quer dizer, voltam à sua fonte, Deus! Mais o tempo de festa se esgota rapidamente, passa a manhã, corre velozmente a tarde, e passa depressa a noite, e todos ficam com saudades de tudo o que aconteceu . Então por que não fazer da vida toda uma festa? Um dia não sabemos quando, mas que já começou vai haver uma grande festa, onde nunca mais vai faltar vinho bom e carne gorda. Se nós não conseguimos fazer uma grande festa aqui na terra, será que somos dignos de festa lá no céu? A festa aqui temos que tirar lições, que não vale a pena a gente ser avarento, pão -duro com outros, a fraternidade é  mais importante que o dinheiro; que deve haver mais alegria em dar que receber. As mesas fartas com comidas e bebidas, as músicas , as danças, a verdadeira luz serão descobertas e estarão á nossa disposição no paraíso. Um produto como papel de presente nos leva a pensar no real significado do natal. A época do natal evoca a lição do papel de presente. Ao pensar como ele é rasgado para revelar o seu conteúdo, podemos lembrar do sacrífico do salvador na cruz, para que tenhamos vida eterna. O Presente inestimável de Deus. A luz é sinal da presença de Deus. Deus está em nosso meio, pela luz e pela nossa união. È preciso que a gente nunca deixe apagar a nossa luz interior. Conscientes de nosso papel num mundo de injustiça, trevas e manipulações enganosas, propaganda traiçoeira, num mundo sem moral , sem respeito aos fracos, vamos ser na nossa cidade, na nossa comunidade, Luz. O anseio profundo do ser humano de alcançar a felicidade e fica fortemente iluminado pela fé em Jesus Cristo, que nos revela a certeza da existência futura, eterna e feliz, que vem nos resgatar do pecado e da frustação, e nos conceder a Graça para vencer o mal e encontrar a verdade em fazer bem ao próximo, dando testemunho de seu Reino. Que os frutos da luz, bondade, caridade, justiça incendeiam a terra. Agradeçamos a luz que veio ao mundo “Jesus Cristo”. 


Odair Martins

últimas