POLÍTICA

FPM Adicional injetou milhões nas Prefeituras da região; quanto maior, mais grana

FPM Adicional injetou milhões nas Prefeituras da região; quanto maior, mais grana

Fernandópolis ficou com R$ 1,7 milhão; Votuporanga com R$ 2,1 milhões e Ouroeste e Valentim com R$ 569 mil

Fernandópolis ficou com R$ 1,7 milhão; Votuporanga com R$ 2,1 milhões e Ouroeste e Valentim com R$ 569 mil

Publicada há 5 meses

Está depositado desde esta sexta-feira, 10, recursos da ordem de R$ 1 bilhão nos cofres das municipalidades de todo o país, proveniente do repasse adicional do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Criado em 2007, através da Emenda Constitucional (EC) 55/2007, o fundo já repassou mais de R$ 74 bilhões e o deste final de ano é 31,4% superior ao de 2020.

Como a distribuição é baseada, em última análise, em critérios populacionais, tal como se verifica com o FPM, as cotas recebidas por cada município varia, mas, sucintamente, na região, a maioria das cidades (inclusas na primeira faixa) recebeu R$ 427.476,55. Aqui compreende, por exemplo, Indiaporã, Meridiano, Mira Estrela, Pedranópolis, Populina, Turmalina, SJ Duas Pontes, Guarani D´Oeste e Macedônia.

Estrela D´Oeste ficou com 463.143,67; Ouroeste e Valentim Gentil com R$ 569 mil; Fernandópolis R$ 1,7 milhão; Votuporanga R$ 2,1 milhões; Rio Preto R$ 2,8 milhões; Jales R$ 1,4 milhão e Santa Fé do Sul R$ 1,1 milhão.

Ressaltando que tais recursos são de gastos discricionários, ou seja, não aportam com destinação obrigatória, podendo ser aplicados onde cada qual dos gestores municipais avaliar por mais conveniente.

Clique aqui para conferir o valor do repasse para o seu município.

últimas