CONDENADO

Robinho tem sentença de 9 anos de prisão por violência sexual confirmada na Itália

Robinho tem sentença de 9 anos de prisão por violência sexual confirmada na Itália

Mesmo sem ser extraditado, jogador, já em fim de carreira, não poderá viajar ao exterior

Mesmo sem ser extraditado, jogador, já em fim de carreira, não poderá viajar ao exterior

Publicada há 4 meses

Robinho, condenado a 9 anos de prisão por participação em estupro coletivo na Itália, em 2013, corre risco de ser preso somente se viajar ao exterior; na imagem, atuando pelo Milan, em 2011 - Foto: Reprodução/El País

Da Redação

A Corte de Cassação da Itália, última instância do judiciário do país, confirmou nesta quarta-feira (19) a condenação do jogador Robinho e de seu amigo, Ricardo Falco, a nove anos de prisão por violência sexual de grupo. A sentença vai sair em 30 dias.

O julgamento ocorreu na Corte de Cassação de Roma, que no ordenamento jurídico italiano é equivalente ao Supremo Tribunal Federal no Brasil. Robinho e seus advogados apresentaram um último recurso, na manhã desta quarta, que foi negado pela corte italiana.

Mesmo com a condenação em última instância, Robinho e Falco não poderão ser extraditados para a Itália, já que a Constituição de 1988 proíbe a extradição de brasileiros. Além disso, o tratado de cooperação judiciária em matéria penal entre Brasil e Itália, assinado em 1989 e ainda em vigor, não prevê que uma condenação imposta pela justiça italiana seja aplicada em território brasileiro.

Assim, Robinho e Falco correm o risco de serem presos somente se realizarem viagens ao exterior – não necessariamente à Itália. Para isso, o Estado italiano precisa emitir um pedido internacional de prisão que poderia ser cumprido, por exemplo, em qualquer país da União Europeia.

As informações são do Globoesporte.com, do Portal Globo.com

Confira a matéria completa aqui, incluindo apelo à Justiça brasileira feito pelo advogado da vítima, uma mulher de origem albanesa, atualmente com 32 anos. O crime foi cometido na madrugada do dia 22 de janeiro de 2013, há 9 anos, quando Robinho era uma das estrelas do Milan e a vítima tinha 23 anos.

últimas