FERNANDÓPOLIS

Após TJ negar recurso, prefeito André Pessuto precisa demitir 164 comissionados

Após TJ negar recurso, prefeito André Pessuto precisa demitir 164 comissionados

A decisão dos desembargadores seguiu praticamente a sentença do juiz Renato Soares

A decisão dos desembargadores seguiu praticamente a sentença do juiz Renato Soares

Publicada há 2 meses

Da Redação

Na quarta-feira, dia 13, a 8ª Câmara do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu em julgamento o caso dos 164 cargos comissionados da Prefeitura de Fernandópolis.

A decisão dos desembargadores seguiu praticamente a sentença do juiz Renato Soares no julgamento da Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público e afastou o pedido de reconhecimento da prática de ato de improbidade administrativa pelo prefeito André Pessuto e reconheceu a nulidade das nomeações e portarias, determinando-se a dispensa dos servidores ocupantes dos aludidos cargos em comissão.

*Confira a matéria completa na edição impressa 

Prefeito de Fernandópolis, André Pessuto

últimas