CÍRCULO DO BEM!

Ex-goleiro do Fefecê luta contra doença inflamatória e pede ajuda para tratamento

Ex-goleiro do Fefecê luta contra doença inflamatória e pede ajuda para tratamento

Camilo fez parte do elenco da Águia na temporada 2015, ano do acesso à Série A3 do Paulista

Camilo fez parte do elenco da Águia na temporada 2015, ano do acesso à Série A3 do Paulista

Publicada há 5 meses

Breno Guarnieri

Nesta quarta-feira, dia 10, por meio das redes sociais, o goleiro Camilo, com passagem pelo Fernandópolis Futebol Clube (Fefecê), em 2015, ano do vice-campeonato da Quarta Divisão e do acesso à Série A3 do Paulista, revelou que enfrenta uma batalha fora dos campos.

Morando em Assis (SP), o atleta foi diagnosticado com uma doença denominada psoríase gutata. A doença em questão atinge o alto da cabeça até os pés de Camilo, o que impossibilita ele a praticar futebol, tanto como atleta profissional quanto em relação aos treinos que oferece em sua escolinha.

“Ela (doença) está em um nível bem grave. Tenho placas bem profundas. Estou em tratamento há 3 meses. Tenho um custo muito alto (semanal) com o tratamento, cerca de R$ 1 mil”, destacou Camilo.

Em virtude da situação, o atleta pede ajuda para quem quiser e puder colaborar com o tratamento da doença. Para isso, basta fazer uma doação através da chave Pix: 1899674-7589.

Doença Inflamatória

A psoríase gutata é um tipo de psoríase caracterizada pelo aparecimento de lesões vermelhas em forma de gota por todo o corpo, sendo mais comum de identificar em crianças e adolescentes e, em alguns casos, não precisa de tratamento, apenas acompanhamento pelo dermatologista.

A psoríase é uma doença inflamatória crônica e não contagiosa, que pode interferir negativamente a vida da pessoa devido às lesões características da doença, afetando as relações interpessoais e as atividades diárias, ainda que seja uma doença benigna.

Camilo defendeu o Fefecê em 2015, ano do acesso do clube à Série A3



últimas