PRISÃO

Idoso é preso por estuprar a filha de 14 anos em Potirendaba

Idoso é preso por estuprar a filha de 14 anos em Potirendaba

Ele ainda é investigado por ter filhos com as três enteadas

Ele ainda é investigado por ter filhos com as três enteadas

Publicada há 2 meses

O indivíduo foi levado para a DEIC e permaneceu preso à disposição da justiça - Foto: Reprodução

Da Reação/Gazeta do Interior

Potirendaba presenciou nesta última sexta-feira, 23, um dos casos mais assustadores dos últimos anos. Um idoso de 60 anos que foi preso após estuprar a própria filha, de 14 anos, obrigava ela a tomar anticoncepcional e ainda é investigado por ter filhos com as três enteadas.

Segundo a polícia, o homem disse que teria feito sexo com mais de mil mulheres e que os atos eram praticados através de uma entidade que ele recebia, segundo sua religiosidade espiritual. Em depoimento ele confirma que possui 32 filhos e que todas as relações sexuais eram sem preservativo.

O idoso trabalhava em uma indústria da cidade e vivia uma vida normalmente. Vizinhos afirmam para a Gazeta que sabiam que ele tinha filhos com as enteadas, mas que os atos nunca foram denunciados, pois eram consentidos.

Uma das enteadas disse para a Gazeta que consentia e que mantinha relações com o indivíduo desde os 14 anos. Sem querer dar entrevista, ela disse informalmente que sua filha tem 6 anos de idade e que a criança é filha do idoso.

A jovem relatou ainda que mora em Potirendaba há 11 anos e que a família morava na Bahia. Suas irmãs também possuem filhos, sendo que uma delas tem 5 crianças, porém, ela não deixou claro se todos são filhos do indivíduo.

O delegado que cuida do caso, João Otavio Spaca de Souza, diz que a mulher dele e as enteadas também foram ouvidas e o inquérito continua em andamento. “Nós ainda não temos a confirmação de que as filhas das enteadas também são filhas dele, mas estão todas registradas em seu nome e vamos apurar. No decorrer das investigações também queremos saber se outros estupros também foram praticados por ele”, diz.

Há suspeita de que no computador que estava na casa do idoso possa haver imagens de pornografia infantil e a polícia agora vai investigar também essa hipótese. O equipamento foi apreendido e passa por perícia.

O indivíduo foi levado para a DEIC e permaneceu preso à disposição da justiça.


Fonte: www.gazetainterior.com.br

últimas