MANIFESTAÇÃO

Com auxílio do Águia, Polícia acaba com bloqueio na SP-320 em Santa Fé

Com auxílio do Águia, Polícia acaba com bloqueio na SP-320 em Santa Fé

Ordem no comando da PM é desfazer todas obstruções nas vias públicas na região

Ordem no comando da PM é desfazer todas obstruções nas vias públicas na região

Publicada há 2 meses

Policiais Militares e Rodoviários agem no bloqueio e liberam as pistas da Euclides da Cunha. Foto: Reprodução/Hoje Mais/Laudenir Ruiz

Da Redação

Por ordem do comando do CPI-5 de Rio Preto, policiais militares e rodoviários, com auxílio do helicóptero Águia, desbloquearam as duas pistas urbanas da Rodovia Euclides da Cunha - a SP-320 - situadas em Santa Fé do Sul.

A ação ocorreu na tarde de ontem, segunda-feira, 07, e também foi acompanhada de um caminhão do Corpo de Bombeiros, durando cerca de 30 minutos para a liberação completa da via.

Todos os detritos colocados pelos manifestantes nas pistas e também as tendas erguidas nas margens foram retiradas, sob ameaça de multas e autuação criminal.

Não houve registro de conflitos e a ordem no comando da Polícia Militar é desfazer com rapidez todos os bloqueios e interdições na região.

O grupo havia colocado fogo em pneus e outros objetos e só permitiam a passagem de alguns veículos.

RELEMBRANDO O CASO

Nova interdição na Euclides da Cunha, em Santa Fé. Foto: Informa Mais

Nova manifestação antidemocrática com interdição ilegal de via pública está ocorrendo novamente na região.

Desta vez o movimento interditou a Rodovia Euclides da Cunha nos dois sentidos, no quilômetro 625, no trecho urbano de Santa Fé do Sul, nesta segunda-feira, 07/11/2022.

Segundo informações do site Informa Mais, atualizadas às 10h53, bolsonaristas impedem com uso de sucatas de veículos e terra o tráfego de caminhões nos dois sentidos. Uma passagem em uma das pistas permite o trânsito precário de veículos de passeio, camionetes e ambulâncias.

Informações da Polícia Rodoviária Estadual e da Polícia Militar da área é de que há conversações e negociações com os manifestantes para a desobstrução, mas sem previsão de liberação.

O protesto é contra o resultado das eleições, pela intervenção federal (que na realidade é uma intervenção militar) e contra o processo eleitoral.

Há informações não confirmadas de manifestantes de Jales no movimento santa-fé-sulense.


últimas