ARTIGO

SEGUIR NOVOS CAMINHOS

SEGUIR NOVOS CAMINHOS

Por Vitor Inácio Fernandes da Silva, Assessor de Comunicação da Diocese de Jales e Jornalista das Rádios Assunção e Regional FM

Por Vitor Inácio Fernandes da Silva, Assessor de Comunicação da Diocese de Jales e Jornalista das Rádios Assunção e Regional FM

Publicada há 2 meses

Estamos na expectativa para o Natal, as famílias, empresas e cidades começam a se preparar para as tradicionais festas de fim de ano, uma sensação de alegria toma conta com as cores e luzes nas casas, ruas e praças. Somos literalmente atraídos por promoções e o desejo de comprar presentes, mas é necessário lembrar que o foco é Jesus Cristo, vamos celebrar a sua ação divina em nosso mundo.

Quando olharmos para o retrovisor e nos depararmos com o ano de 2022, com certeza muitas dificuldades serão lembradas. Foi um ano marcado principalmente em nosso país por conflitos ideológicos, ainda convivemos com a preocupação da pandemia de Covid-19, depois de um período de normalidade, a fome é uma realidade novamente no Brasil e a paz no mundo uma necessidade.

Porém, “o povo que andava nas trevas viu uma grande luz” (Is 9,2). Deus enviou seu filho ao mundo para iluminar o caminho da humanidade (cf. Jo 1,9). Jesus é, pois, luz (cf. Jo 8,12). Quem nele crê se torna também luz (Mt 5,14).

Durante a preparação para o natal, vivemos um período importante na liturgia da Igreja, o Advento, em seu significado a palavra quer dizer, o que está por vir. Vamos viver um tempo que será de espera e esperança, frente a todas essas realidades que nos tocam hoje, reavivando a nossa esperança em um tempo novo, com justiça e paz.

Neste período fazemos memória das figuras de Maria e João Batista que são exemplos de missionariedade concreta para todos nós cristãos, ambos prepararam o caminho para o Senhor. Durante o Advento vamos sendo moldados para bem acolher Jesus no Natal, que nos convoca a abandonar todo o egoísmo.

“Uma vela se acende no caminho a iluminar, preparemos nossa casa, é Jesus quem vai chegar. No Advento a tua vinda nós queremos preparar. Vem, Senhor, que é o teu Natal, Vem nascer em nosso lar.” O nascimento de Jesus renova em nós a esperança, que ao cantar novamente possamos reafirmar o nosso compromisso de ser a luz que o mundo necessita.

Crer em Jesus implica amá-lo e testemunhar seu amor, vivendo em comunidade, solidarizando-se com os socialmente excluídos, agindo em unidade em prol da vida, do bem comum e de nossa “casa comum” (cf. At 4,12 e Laudato Si). Que possamos seguir os novos caminhos que são apontados pelo nascimento do Salvador. Jales, 24 de novembro de 2022

últimas