ENTRETENIMENTO

Polícia instaura investigação contra MC Guimê e Cara de Sapato após atos no 'BBB'

Polícia instaura investigação contra MC Guimê e Cara de Sapato após atos no 'BBB'

Os dois foram eliminados do programa na noite desta quinta-feira

Os dois foram eliminados do programa na noite desta quinta-feira

Publicada há 6 meses

Polícia instaura investigação contra MC Guimê e Cara de Sapato após atos no 'BBB'

A suspeita é de que eles tenham cometido importunação sexual contra uma participante - Foto: Estadão

Da Redação/UOL

A Polícia Civil do Rio instaurou uma investigação para apurar as condutas do cantor Guilherme Aparecido Dantas Pinho, o MC Guimê, de 30 anos, e do lutador Antônio Carlos Coelho de Figueiredo Barbosa Júnior, o Cara de Sapato, de 33 anos, diante de uma suspeita de importunação sexual durante o programa Big Brother Brasil (BBB) 23, da TV Globo.

A vítima é a mexicana Dania Mendez, convidada para participar do programa brasileiro. Durante a festa do líder, na noite da quarta-feira, 15, e madrugada de quinta-feira, 16, imagens mostram MC Guimê apalpando a mulher, enquanto, em outro momento, Cara de Sapato tenta beijá-la a força.

Os dois homens foram eliminados do programa, segundo anunciou o apresentador Tadeu Schmidt na noite da quinta-feira.

Também na quinta-feira, a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá (bairro da zona oeste do Rio que abrange a área onde ficam os estúdios da TV Globo, que promove o programa) instaurou inquérito para investigar as condutas de ambos.

A suspeita é de que eles tenham cometido importunação sexual contra a participante, crime que consiste em "praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro", nos termos do Código Penal, e é punido com pena de 1 a 5 anos de prisão, se o ato não constitui crime mais grave.

Nas redes sociais, as assessorias dos dois agora ex-participantes do BBB divulgaram notas em que pedem desculpas pelas condutas deles.

Segundo a equipe de Guimê, ele exagerou na bebida. "Como todos vocês, nós assistimos e lamentamos os episódios envolvendo o MC Guimê na última festa dentro do Big Brother Brasil. De antemão, deixamos aqui nossas sinceras desculpas a todas pessoas (sic) envolvidas", diz o texto. "Guimê acabou exagerando na bebida, o que o fez passar dos limites em alguns momentos. Sabemos que não há justificativa nenhuma e esperamos que ele possa compreender seus erros e atitudes quando estiver aqui fora", continua.

"Firmamos o compromisso de que, quando o Guimê sair do programa, ele verá todas as imagens e acima de tudo entenderá o quão grave se trata o que aconteceu, pedindo desculpas diretamente a quem precisa e revendo todos os comportamentos de ontem. Pedimos desculpas à Lexa, Dania, Bruna, seus familiares e aos fãs", conclui o texto, referindo-se inclusive à companheira do cantor, Lexa. Após idas e vindas, Guimê e Lexa reataram o romance no final de dezembro.

A assessoria de Cara de Sapato afirmou: "Sobre a madrugada: Sabemos que certas atitudes não podem acontecer nem por brincadeira. Por isso, nossas sinceras desculpas à Dânia e sua família pelos acontecimentos. Quando sair da casa e ver essas imagens, Sapato vai precisar entender o que aconteceu, rever comportamentos, se desculpar e aprender que há limites que não podem ser ultrapassados."


Fonte: noticias.uol.com.br

últimas